NOTÍCIAS

Potencial do mercado segurador no Nordeste do Brasil

Fonte: JRS


Rodrigo de Brito Rabelo é executivo de contas do Grupo MBM. Responsável pelas filiais de Pernambuco e Paraíba, o profissional completa dois anos de companhia no próximo dia 1º de novembro. Formado em Comunicação Social, com passagens pela Bradesco Seguros, MetLife, Tempo Saúde e Zurich Seguros, afirma que hoje vive o momento mais feliz em sua carreira no mercado segurador.

A Revista JRS conversou com o executivo para saber um pouco mais sobre o vasto potencial do mercado segurador no Nordeste do Brasil.

JRS: O Nordeste representa aproximadamente 10% de participação no setor brasileiro de seguros, qual o potencial deste nicho na região?

Rodrigo Rabelo: O Nordeste é a região com maior potencial de crescimento do setor de seguros, e por isso temos muito a crescer, principalmente no ramo de pessoas, já que é pouco explorado pelos corretores de seguros que, na sua grande maioria, comercializam apenas o seguro de automóvel. Os corretores já sinalizam a importância da diversificação das suas carteiras, consolidando um excelente resultado para reverter o quadro de 80% da população brasileira que não possui seguro de vida. São milhões de pessoas desprotegidas por não terem está importante e necessária proteção.

JRS: É visível a mudança no consumidor de seguros em Pernambuco e Paraíba diante de mais informações sobre a proteção securitária disponíveis ao grande público?

RR: Sim, a mudança do consumidor no que se refere a aquisição de seguros em nossa região, está mudando culturalmente, eles estão mais conscientes da importância de se proteger e desenhar uma sucessão familiar sem atropelos, graças aos incentivos das Seguradoras, através de campanhas e treinamentos e a consciência dos corretores em proteger as famílias.

JRS: Quais as principais premissas do Grupo MBM para crescer na localidade?

RR: A missão do Grupo é comercializar seguros e planos de previdência de forma a oferecer segurança e confiabilidade a seus clientes e estar junto do corretor de seguros, que é o único e capaz de promover o bem social, é de fundamental importância. Para isso, o Grupo vem investindo em novos produtos e tecnologia, como exemplo cito o lançamento do Seguro AP Caminhoneiro, importantes melhorias foram feitas no nosso produto para Pequenas e Médias Empresas com até 499 vidas, além do início da operação totalmente online do APP Passageiros, que é um dos produtos que elencamos como carro-chefe da seguradora.

JRS: Quais outros pontos você considera importantes na operação regional?

RR: O Grupo MBM é realmente uma empresa sólida, com mais de 68 anos no mercado e com profissionais gabaritados em todas as suas áreas, isso é muito importante porque traz credibilidade para o mercado, não só em nossa região, mas em todo Brasil. Em minhas visitas comerciais tenho falado que não queremos e nem temos a pretensão de ser a maior seguradora
do país, mas estamos trabalhando para ser a melhor em nossa área, que é proteger pessoas.

Tive oportunidade de trabalhar em outras empresas do ramo de seguro de pessoas e afirmo que a operação do Grupo MBM, desde a cotação, implantação, faturamento e regulação de sinistros, nos dá tranquilidade para sair ao mercado e buscar novos negócios a cada dia. Além disso, tenho recebido todo o apoio da superintendência e diretoria comercial, o Alexsander Kaufmann e o Luiz Eduardo Dilli Gonçalves, que têm nos atendido sempre que solicitamos. Recentemente realizamos um importante investimento no 3º Congresso de Corretores de Seguros do Nordeste, o Conseg-NE, além de patrocinar a proteção de todos os participantes do evento com o nosso Seguro AP Eventos, levamos em torno de trinta corretores de Pernambuco para Maceió, em um ônibus com toda segurança e conforto, tudo feito com muito cuidado e carinho e com apoio fundamental de nossa área de marketing e do Sincor- PE, através do Carlos Valle, presidente do Sindicato, e da Izabel Lopes, diretora Social da entidade.

JRS: Como ser responsável pelas filiais de PE/PB transformou sua visão sobre carreira e vida profissional?

RR: Ser responsável pela operação comercial e gestão das filiais de Pernambuco e da Paraíba, está sendo para mim um desafio muito bacana. Participar da mudança de rumo e expansão da empresa, ver os objetivos sendo superados a cada mês é muito gratificante, no mês de abril, por exemplo, batemos recorde de vendas em prêmios emitidos na nossa região e no mês de maio o recorde foi da quantidade de negócios emitidos. Isso não tem preço e para o profissional da área comercial esta é a melhor parte, a superação dos objetivos propostos.

JRS: Conte um pouco sobre sua trajetória no mercado segurador. Quais as experiências mais significativas poderia destacar?

RR: Iniciei no mercado em 2001, no ramo de benefícios, em uma grande seguradora de seguros saúde e odontológico, tive passagens por duas grandes multinacionais do ramo de vida e previdência, mas destaco a oportunidade que tive em gerenciar uma filial do ramo de saúde e odonto de uma empresa que estava iniciando sua operação na região com marca ainda desconhecida do mercado e esse foi um momento de grande aprendizado em minha vida profissional. Da mesma forma que atualmente tenho a missão de fazer a gestão comercial do Grupo MBM nos estados da PB/PE/AL e RN, um desafio enorme e gratificante diante dos resultados já alcançados.

JRS: Mesmo diante do clima de incerteza econômica, você acredita no fôlego de crescimento do mercado segurador?

RR: Pesquisas recentes mostram que ainda existe uma baixa penetração do seguro na população brasileira, por isso mesmo com crises e incerteza econômica, o mercado é pujante, grande parte da sociedade não possuem seguro saúde privado, Seguro de vida, seguros de residência e até mesmo o seguro do automóvel, apenas 20% da frota brasileira é segurada, portanto,acredito sim que nosso mercado ainda tem muito a crescer.

VOLTAR